quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

[RESENHA] - Insanas ... elas matam


 
INFORMAÇÕES:
Edição: 1
Editora: Estronho
ISBN: 9788564590007
Ano: 2011
Páginas: 164

Skoob: [LINK AQUI]









 Sinopse:
 Insanas é uma antologia escrita somente por mãos femininas. Mas não se engane, pois aqui não terá espaço para textos sublimes, chick lit, conjecturas sobre o universo feminino e nem saudades da vovozinha que se foi. Aqui... Elas matam! A antologia Insanas tirou dessas mulheres o que elas têm de mais cruel de dentro delas. Nem nos piores dias de TPM da sua namorada ou esposa você poderia imaginar tanta violência, descontrole e sadismo. Prefácio: Ana Cristina Rodrigues Autora Convidada: Suzy M. Hekamiah Apresentando: Celly Borges e Carolina Mancini Textos recheados de crueldade, tortura, sangue, terror, sexo, sadismo, traição, ambição extrema, morte e muito mais. Tudo fruto dessas mentes cruéis. Elas produziram as mais insanas escritas e mostraram do que são capazes. Sexo frágil? Não... Elas podem ser cruéis quando querem. Mais informações: www.estronho.com.br/insanas


***

 
Conheci a antologia Insanas através de uma das autoras participantes do projeto da editora Estronho. Convidei Laila Ribeiro para uma entrevista aqui no blog e pesquisando sobre a ida dela para formular as perguntas, descobri a antologia.

Comprei o livro com a autora em Agosto, mais especificamente na Bienal de São Paulo e só agora consegui lê-lo, porque a fila estava grande.

 Insanas é uma antologia com quinze contos que exploram a capacidade feminina para o executar do mau.  Nos textos deste livro você vai descobrir até aonde a mente feminina por chegar. Uma coisa eu te garanto, você nunca mais vai olhar para uma mulher da mesma maneira.

Aqui elas são perigosas, sem consciência ou qualquer pudor. Aqui elas matam.
Você encontrará mulheres de todos os tipos, loucas, bonitas, bruxas, estudantes, feiticeiras, enfim, todas diferentes no seu aspecto físico e prático, mas com a mesma sede de sangue e a mesma mente pervertida.


Dos mais variados contos, Insanas está encharcado de mortes macabras e dolorosas. Elas matam friamente sem remorso algum. Os dois primeiros contos foram os que eu mais goste. O Bem e o Mal de Sandra Franzosso e Tinta Vermelho Sangue de Bruna Caroline.

Elas exploraram o ápice da insanidade feminina, trazendo um êxtase frenético à leitura, e causam em você ao mesmo tempo, raiva, compaixão, ódio, e também (não me julguem um assassino), o gosto pelo sangue.

Outros contos muito bons que também gostei, mas com uma pegada um pouco mais light, forma os contos: Anita – de Caroline Mancini, Desagravo – de Laila Ribeiro e Vítimas de Celly Borges.

De todas as histórias, só houve uma que eu não gostei, pois achei muito confuso e desconexo.

A forma de escrita da maioria das autoras é forte e impactante. Não recomendável para menos de 16 anos.

 

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO:


a) Arte da capa:
A capa de Insanas é muito boa.  Com arte final de M. D. Amado e fotografia de Andrey Kiselev, eles passam bem o que você pode esperar nas páginas da antologia. Porém as fotos de dentro do livro são melhores, eu teria trocado, pois há fotos mais instigantes que a da capa.


b) Trama:
A trama da maioria dos contos é muito bem tecida. Alguns mais intensos outros mais psicopatas, outros mais quentes, porém, todos mortais.  Apenas um conto que eu não gostei realmente pó ser muito confuso e atropelado.

c) Caracterização dos personagens:
As mulheres de Insanas são muito sem noção. As autoras retiraram de suas mentes toda e qualquer razão, o que lhes atribuiu força e maldade em excesso.Verdadeiras psicopatas.


d) Qualidade do livro (papel, letra, erros e etc.):
A editora Estronho está de parabéns. Uma diagramação muito boa e criativa. O livro tem uma qualidade ótima, as páginas amareladas  e porosas que eu tanto amo. O maior diferencial da antologia são as fotografias do artista Andrey Kiselev; Elas elevam a obra ainda mais.


e) Comparação com outras obras do gênero:
Insanas é uma obra excitante. Você sente medo até de você mesmo, por no final, gostar e compactuar com as atrocidades que são realizadas. E depois de tudo isso, você não verá as mulheres do mesmo jeito.

NOTA: 4,6
12345


Licença Creative Commons
Resenha - Insanas ... elas matam de Moisés Suhet é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://edensaga.blogspot.com.br/.

10 comentários :

  1. Insanas esse livro e muito bom
    com contos bem escritos
    eu vou comprar o meu
    quero ler em 2 dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li rapidinho... o contos são ótimos você não vai se arrepender

      Excluir
  2. Oi. Este livro é realmente lindo, sou apaixonada por ele.
    Eu fico muito contente que tenha apreciado, inclusive meu conto "Anita".
    Parabéns pela resenha.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol... que legal ter você por aqui....
      Eu gostei muito, parabéns, seu conto é muito bom.

      Excluir
  3. É apaixonante!
    E não é só porque é meu rebento também, mas a mulherada detona, literalmente!
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Roberta... kkk literalmente detona né? srsr....

      Excluir
  4. A capa me faz lembrar aquele clipe da Lady Gaga. Sinistro...com uma capa dessas eu já fico até com medo de ler o livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nat leia.... é maravilhosamente perigoso.... instigante...

      Excluir
  5. Olá, encontrei sua resenha hoje enquanto buscava na internet e AMEI!!! Realmente o livro tá recheado de coisas boas e apavorantes! Até eu tive medo das minhas companheiras de pena depois de lê-lo por completo...

    Fico feliz em saber que nosso filhote está sendo lido e comentado e principalmente que as pessoas estão gostando.

    Já divulguei a resenha no twitter (espero que não se importe rs)

    No mais, parabéns.

    Tatiana Ruiz

    ResponderExcluir
  6. Olá, boa tarde!

    Depois de "um longo e tenebroso inverno", apareci pra ler a resenha e, acredite, ficou ótima.
    Fico feliz que gostou do meu conto "O bem e o mal", foi um prazer imensurável ter participado dessa antologia da Estronho.
    Gostei do seu blog e o estou seguindo.
    Abraços!

    Sandra Franzoso







    ResponderExcluir